Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

POR QUE RAZÃO ESTÁ PARIS TÃO POLUÍDA?

Mäyjo, 27.02.15

Por que razão está Paris tão poluída? (com FOTOS)

Em março do ano passado, os parisienses experienciaram momentos que já não viviam há várias décadas, todos eles com um objetivo muito específico: combater a poluição. Assim, os transportes públicos ficaram gratuitos durante três dias, e os carros apenas puderam transitar dia sim dia não, consoante as respetivas matrículas.

Depois que o ar se tornou mais respirável, os jornais falaram de uma velha polémica para justificar a poluição de Paris – os subsídios ao diesel. Segundo o Le Monde, esta poluição é “reflexo de 20 anos de inércia da França, que recai sobre todos… e do lobby da indústria automotora, que abrange condutores, sistema operacional, fabricantes de veículos movidos a diesel, que têm sufocado o debate sobre a legislação”.

De acordo com o jornal francês, Paris é mais propensa à poluição do que outras capitais europeias por causa dos subsídios ao diesel, que produz sete vezes mais poluentes nocivos à saúde do que a gasolina.

A história de amor da França com o diesel vem de longa data. Uma reportagem do site Huffington Post explica que ela data das políticas de estímulo económico rural do pós-guerra, implementadas pelos Governos de então.

As medidas procuravam incentivar a recuperação do campo (cerca de metade da população francesa vivia nas zonas rurais, naquela época), tornando o diesel para máquinas agrícolas e camiões mais barato. Impostos e taxas sobre combustível foram reduzidos e continuam a ser facilitados ainda hoje. Para se ter uma ideia, a redução de impostos sobre o diesel custou à economia francesa quase €8 mil milhões em 2011 (cerca de R$ 26 mil milhões).

Em 2011, os carros a diesel representaram 70% das vendas de automóveis em França. Numa cidade onde 60% da frota de carro é movida a este combustível, não é de causar surpresa o quadro explosivo que resulta da combinação entre as emissões locais do transporte e um clima que impede – ou impediu – a dissipação de poluentes.

Depois de uma semana de dias de sol e noites frias, muito do ar da França – e não apenas de Paris – tornou-se numa espécie de sopa tóxica. A mudança brusca de temperatura exacerbou o problema, criando uma bolha que impede que o ar poluído seja dissipado. E a causa de tudo, aparentemente, vem de trás – muito de trás.

 

A poluição em Paris

 

Fotos:  R. d. D. r /  austinevan /  Payton Chung /  Voyages etc.. /  dbakr / alainalele /  couscouschocolat /  dominique . B /  (vincent desjardins) /  strelitzia — /  dbakr /  Spixey (still not really getting the new format) /  Damouns /  kevin dooley /  austinevan / Creative Commons